21102014Ter
AtualizaçãoQua, 18 Jun 2014

Artigos

6.18 ‑ DISCIPLINA E ORDEM

A) IDÉIAS BÁSICAS 
· A ordem e a disciplina existentes nas leis que regem o Universo (Movimento da Terra, da lua, as estações do ano, etc.) demonstram que aqueles são fatores indispensáveis ao progresso individual e coletivo.
· O espírita busca desde cedo atender com pontualidade os seus compromissos (horários escolar, hora para levantar, para fazer suas refeições, para estudar, para recrear, para deitar, etc.), e manter em boa ordem tudo o que lhe diz respeito (conservação do material escolar, roupas, etc).
· A criatura disciplinada respeita a ordem estabelecida, acata as leis e procura dar-lhes cumprimento.
· Ao espírita, mais do que qualquer pessoa, compete o dever de ser ordeiro e disciplinado, a fim de que possa servir de instrumento de progresso para toda a coletividade de que faz parte e, ao mesmo tempo, conquistar o seu próprio aprimoramento espiritual. 

B) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA PREPARAÇÃO DO EVANGELIZADOR 
1. Bases Evangélicas ‑ Mateus: 2:13 a 15 ‑ 2:19 a 23 ‑ 3:1 a 4 ‑ 3:15 ‑ 4:10 ‑ 5:19 ‑ 5:17 ‑ 5:37 ‑ 6:24 ‑ 6:33 ‑ 7:16 ‑ 8:9 ‑ 10:5 a 7 ‑ 10:25 ‑ 11:10 ‑ 14:19 e 20 ‑ 14:22 ‑ 15:35 a 38 ‑ 17:24 a 27 ‑ 20:8 ‑ 21:12 a 13 ‑ 22:15 a 22. Lucas: 3:14 ‑ 14:28 a 30. João: 1:1 a 4 ‑ 6:10 a 12 ‑ 21:17. I Coríntios: 14:26 a 40. Hebreus: 12:5 a 11. I Pedro: 2:13. Apocalipse: 3:18 a 20. Velho Testamento: Deuteronômio: 8:5 e 6. Salmos: 50:17 a 23. Provérbios: 3:6 a 12 ‑ 23:12 e 13. Jó: 5:17.
2. Bases Doutrinárias ‑ Livro dos Espíritas: Pergs. 56 a 58 ‑ 817 a 822, 825 a 828, 873 a 879 e 918 ‑ Evangelho Segundo o Espiritismo: Cap.3, itens 3 a 17 ‑ Cap.17, item 7 ‑ A Gênese: Cap.6.
3. Obras Subsidiárias ‑ Alvorada Cristã: Cap.13 ‑ Almas em Desfile: 2ª parte, Cap.8 ‑ Antologia da Espiritualidade: Caps.2, 6, 12, 14 e 26 ‑ Assim Vencerás: Caps.11 e 31 ‑ Astronautas do Além: Cap.2 ‑ Através do Tempo: Caps.2 e 4 ‑ Bezerra, Chico e Você: Caps.2 e 26 ‑ Bem Aventurados os Simples: Cap.43 ‑ Busca e Acharás: Cap.8 ‑ Caminho, Verdade e Vida: Caps.25 e 29 ‑ Caridade: Caps.19 e 28 ‑ Coragem: Cap.35 ‑ Correio Fraterno: Cap.35 ‑ Conversa Firme: Cap.5 - Contos e Apólogos: Cap.17 ‑ Crônica de Além Túmulo: “A Lenda das Lágrimas” ‑ Dicionário da Alma: “Disciplina” e “Ordem” ‑ Dos Hippies aos Problemas do Mundo: Caps.1 e 5 ‑ Entrevistas: Cap.27 ‑ Encontro de Paz: Cap.10 ‑ Estude e Viva: Cap.16 ‑ Evangelho em Casa: Cap. 1ª Reunião ‑ Espírito de Cornélio Pires: Cap.24 ‑ O Espírito da Verdade: Cap.80 ‑ Fonte Viva: Cap.6 ‑ Ideal Espírita: Cap.94 ‑ Instrumento do Tempo: Cap.35 ‑ Idéias e Ilustrações: Cap.26 ‑ Livro da Esperança: Caps.86, 56 e 69 ‑ Mais Luz: Cap.88 ‑ Mãos Unidas: Cap.39 ‑ Messe de Amor: Cap. “Disciplina” ‑ Pai Nosso: Cap.3 ‑ Paz e Renovação: Cap.45 - Pérolas do Além: “Dever” ‑ Palavras de Vida Eterna: Caps.138 e 179 ‑ Pão Nosso: Caps.16 e 88 ‑ Religião dos Espíritos: Caps.19 e 55 ‑ Somente Amor: Cap.4 ‑ Taça de Luz: Cap.42 ‑ A Terra e o Semeador: Cap.28 ‑ Vinha de Luz: Caps.66, 22 e 119 ‑ Voltei: Caps.1 e 3. 

C) REFERÊNCIAS PRÁTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA AULA 
1. Jardim e I Ciclo ‑ A germinação da semente ‑ A galinha chocando os ovos ‑ O motor do veículo ‑ A criança e a escola ‑ Os dias e as noites ‑ O calendário ‑ O relógio ‑ A evaporação e a chuva ‑ O padeiro e o pão ‑ O uniforme escolar ‑ A seqüência dos minutos ‑ A árvore e os frutos ‑ As estações do ano ‑ O trem no trilho ‑ O estudo ‑ O teclado da máquina de escrever ‑ O doente e o tratamento ‑ Os horários para almoçar, estudar, passear, dormir e acordar ‑ O colégio (dos alunos ao diretor) ‑ O trânsito de uma cidade ‑ As letras do alfabeto.
2. II e III Ciclos ‑ O catálogo de telefones ‑ A trajetória do formando ‑ O comércio (farmácia, armazém, padaria, etc.) ‑ As peças de uma máquina complexa ‑ Da sementeira à colheita ‑ A criação dos mundos ‑ Os movimentos da Terra ‑ As fases da lua ‑ A escrita no papel ou no caderno ‑ Os músicos de uma orquestra ‑ O Índice de um livro ‑ A Natureza ‑ Percurso do rio ao encontro do mar ‑ Os órgãos do corpo humano ‑ O avião, o navio e o carro - O ator e a peça ‑ A cachoeira e a eletricidade ‑ A fabricação de automóvel - A construção de um edifício ou uma estrada ‑ O bicho da seda ‑ O fichário de um Banco ‑ A biblioteca ‑ As marchas do carro ‑ O Universo ‑ A hierarquia dos Espíritos. 

D) CONCLUSÃO EVANGÉLICO-DOUTRINÁRIA 
· “Todos os êxitos da ciência humana se verificam na base estabelecida pela Sabedoria Divina, em todas as esferas da criação”. (Emmanuel).
· A obra divina, regida em princípios de absoluta harmonia, oferece ao homem possibilidades de evoluir com segurança em todos os setores da vida.
· Cada planta produz segundo a sua espécie, cada animal atende ao papel que lhe foi reservado na Natureza, ao homem cabe produzir segundo sua capacidade e o espírita sabe que, ordenando a sua vida e disciplinando seus atos, não prejudica a ninguém e ao mesmo tempo colabora na harmonia geral.
· Necessariamente nos interligamos uns aos outros e, por isso, podemos nos comparar a uma determinada peça num mecanismo complexo, que, por muito simples que seja, é indispensável para o funcionamento harmonioso do conjunto.
· Toda construção principia no alicerce e para atingirmos as grandes realizações do Espírito, temos de iniciar pelos pequenos lances da ordem e da disciplina em nossa vida cotidiana.